terça-feira, 8 de dezembro de 2009

Pela Causa Indescritível



- Porra, Adelaide, mas por que cargas d’água você tinha que fazer aquilo?
- Ah, e eu ia fazer o quê? Sabe a quantos anos eu luto pra ter uma, pelo menos uminha, foto no jornal ou na tv?
- E não podia ser por um evento cultural, uma ação em prol da santa casa de misericórdia, misericórdia!?
- Ô Dalva, você sabe muito bem que isso não dá ibope algum. Quem é que ia me ver lá? Meia dúzia de cultzinhos bem informados? Pára!
- É, pensando por esse lado... agora a cidade toda e, talvez, até alguns lugares do país saberão da mulher de meia idade de arrancou a roupa pro Lula.
- É, ué.
- E ninguém vai desconfiar de nada, já que ele, de fato, tem uma aparência digna desse tipo de ataque sexual. Quase um Elvis Presley.
- Ah, não exagera. Eu fiquei o tempo todo de lingerie.
- Pois devia ter jogado a calcinha pra ele...
- Hum, você acha?
- Vem cá, Adelaide, você tá achando que sou idiota?
- Claro que não! Mas você me deu uma idéia.
- Não dei nada, não. E não quero nem que você diga que me conhece. Tô com vergonha.
- Credo, Dalva, não foi tão ruim assim. Até que foi bacana.
- Foi sim, foi bacana quando o repórter disse que você era maníaca. Mais bacana ainda foi quando falaram que você era uma mulher de meia idade, com o corpo já não tão no lugar.
- Eles não sabem de nada!
- E você sabe do quê?
- Eu vou te contar a verdade: eu fiz aquilo por protesto.
- Hahahahahaa! De quê?
- Humm... se você me ajudar, eu posso organizar duas explicações fantásticas.
- Já digo que não vai dar certo.
- O clima dessa cidade tá uma merda. Eu digo que o protesto foi pelo aquecimento global. Ninguém mais aguenta esse calor, por isso arranquei a roupa.
- Sei... tem outra alternativa?
- Tem também a comunidade carente, sem condições de comprar roupas decentes...
- Pára! Deixa esta pra lá. Nada vai adiantar muito. Mas faz o seguinte: se te perguntarem de novo, você diz a primeira, a história do aquecimento global. É ridícula, mas pegou melhor.
- Eu sabia que você ia me dar razão.
- Que você é louca eu já sabia, Adelaide, mas louca engajada é novidade pra mim.
- Ô menina! E já tô até pensando no próximo projeto!


Samantha Abreu
foto de ellen von unwerth